Resenha: Livro O Pequeno Príncipe!

capa_resenha_pequenoprincipe_blogdreamsblue

O Pequeno Príncipe cativou vários corações por ai pelo mundo a fora, trago hoje minha primeira resenha de livros e começando pelo queridinho que até virou animação (Doida para ver).

Livro: O Pequeno Príncipe
Título original: Le Petit Prince
Autor (a): Antoine de Saint-Exupéry
Editora: Agir
Páginas: 91

Sinopse: Livro de criança? Com certeza.
Livro de adulto também, pois todo homem traz dentro de si o menino que foi.
Como explicar a adoção deste livro por povos tão variados, em tantos países de todos os continentes? Como explicar que ele seja lido sempre traduzido em oitenta línguas diferentes? Como compreender que uma história aparentemente tão ingênua seja comovente para tantas pessoas?  O Pequeno príncipe devolve a cada um o mistério da infância. De repente retornaram os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia a dia. Voltam ao coração escondidas recordações. O reencontro, o homem-menino.

resenha_pequenoprincipe_blogdreamsblue

    Aparentemente parece um livro somente para crianças, ai que você se engana o livro tem muito mais a dizer aos adultos do que para as crianças em si.
Um livro que te segura do início ao fim da história, difícil é dar aquela pausa para ler no outro dia. Mostra vários pontos da vida que você nunca parou para prestar atenção.
No primeiro momento quando li, não tinha entendido o que o livro queria passar, mas depois de muito pensar e bater a cabeça, consegui entender, ele te passa que quando você chega na fase de “vida adulta”, você esquece várias prioridades que tinha quando era criança, onde não tinha grandes responsabilidades e obrigações.

resenha_pequenoprincipe_blogdreamsblue3

“O pequeno príncipe tinha, sobre as coisas sérias, ideias muito diferentes do que pensavam as pessoas grandes. ”

Os personagens são muito bem explicado, você consegue imaginar todas as cenas como se estivessem passando na sua mente. Além de ter várias ilustrações que te auxilia na compreensão da história, ilustrações feitas pelo próprio Antoine de Saint-Exupéry.

resenha_pequenoprincipe_blogdreamsblue4

“Tu não és ainda para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu também não tens necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Será para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo. “

Um livro muito ingênuo e puro como uma criança, mostrando a viagem do pequeno príncipe aos planetas e te mostrando vários valores. Cada personagem mostra uma forma de preocupação dos adultos: 1. Achar que é o todo poderoso para mandar em todos e ter um servo (Primeiro personagem a ser visitado em outro planeta – Rei), 2. Aquele que gosta de se vã gloriar, gosta de ser elogiado e admirado por todos (Segundo planeta visitado – Vaidoso), 3. Aquele que bebe para esquecer os problemas (Terceiro planeta – Bêbado), 4. Outros que está sempre pensando nas suas finanças, contabilidade e nunca achava tempo para nada, sempre vivia sem tempo, (quarto planeta – Empresário), 5. Mas também tem aqueles que são responsáveis e cumprem os mandamentos e não estão preocupados com si mesmo (Quinto planeta – Acendedor de Lampião), 6. Aquele que anota as coisas importantes, mas não pode explorar as coisas novas (Sexto planeta – O Geógrafo), O sétimo planeta a ser visitado foi a terra, onde se encontra de tudo um pouco.
O livro mostra que a vida adulta é chata, por essas e outras obrigações que os prendem e por conta disso deixam de viver o que realmente é necessário. Os personagens são fictícios, mas todos têm uma grande característica na história.

“Esse aí seria desprezado por todos os outros, o rei, o vaidoso, o beberrão, o empresário. No entanto, é o único que não parece ridículo. Talvez porque é o único que se ocupa de outra coisa que não seja ele próprio. “

resenha_pequenoprincipe_blogdreamsblue5

“Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.”

Conclusão: Como já disse de primeira quando li não dava nada para esse livro, mas depois percebi que a mensagem que ele tinha para passar era muito boa, confesso o que me fez pensar assim foi o final, “diz que talvez a gente poderia encontrar o Pequeno príncipe” e isso me deixou intrigada, a fala sério! É obvio que não vamos encontra-lo, porque ele não existe.
Depois de um tempo percebi que estava realmente pensando como pessoa grande, porque isso não fazia nenhum sentido. Depois vi que o Pequeno Príncipe simboliza a pureza, pôr fim representa uma criança, pois a criança é pura, inocente, dão valor as pequenas coisas da vida, imagina uma criança ganhando um brinquedo simples, ela vai se alegrar da mesma forma se você lhe der um brinquedo muito caro, vai estragar da mesma maneira! Pois ela não sabe o valor (Preço) e sim o valor sentimental daquele brinquedo para ela; e se  gostar e apegar, vai cuidar com todo amor e não vai deixar num canto qualquer, sempre vai querer aquele brinquedo especial por perto.

“Se alguém ama uma flor da qual só existe um exemplar em milhões e milhões de estrelas, isso basta para fazê-lo feliz quando a contempla. Ele pensa: “Minha flor está lá, em algum lugar…” Mas se o carneiro come a flor, para ele é como se todas as estrelas repentinamente se apagassem! …”

O autor nos levar a entender todo conceito que perdemos de nossa infância, tudo que era importante, deixamos de lado para nos preocupar com coisas em vão e perdemos todos os valores que uma criança tinha, o livro tenta nos levar de volta a nossa infância e nos trazer ensinamentos sobre companheirismo e amizade, um livro cheio de enigmas, que exige bastante de sua atenção para ter as conclusões certas sobre ele, trazendo de volta a criança que ainda está presente em nós.

resenha_pequenoprincipe_blogdreamsblue7

“- Os homens esqueceram essa verdade – disse ainda a raposa. – Mas tu não deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas. Tu és responsável pela tua rosa.”

Curiosidades: Sobre o autor | Sobre o livro | 5 coisas que você não sabia

Bom pessoal essa foi minha primeira resenha de livros, espero que tenham gostado, ainda fiz algumas pesquisas sobre o autor e sobre o livro coloquei para vocês em curiosidades. Deu bastante trabalho, mas como tudo no final vale a pena, estou um pouco sumida daqui do blog, mas estou voltando aos poucos não desisti dele não, só me perdi um pouco depois que peguei um monte de trabalho, quando passou, só queria descansar, e acho que descansei demais, rs!

“É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas. ”

Anúncios

15 comentários sobre “Resenha: Livro O Pequeno Príncipe!

  1. Eu assistia o anime na infância e amava! Amava muito! Tanto que um tio acabou me dando o livro… E eu ODIAVA a leitura, achava chato pra caramba! Só fui entender quando, depois de muitos anos (MUITOS anos) resolvi reler e… AMEI! Foi ai que entendi que quando criança achava aquilo óbvio demais e sem graça, mas depois de crescer percebi o quanto a gente esquece esse olhar de criança do mundo. Hoje é um dos meus livros favoritos e já vou instigar no meu sobrinho o amor por essa narrativa, hehe…

    Curtido por 1 pessoa

    • Onwt anime do Pequeno Príncipe? Já vou pesquisar para ver se acho aqui.
      Muito verdade no que você disse, não tive o privilegio de ler quando era criança, mas a mensagem que o livro tem para nós adultos é muito boa e incentivadora demorou para cair a fixa, acho que estava com a cabeça muito de adulta para não conseguir ver de primeira a riqueza das palavras, tive que ler duas vezes para perceber isso, agora estou “in love”. Amei cada linha, cada capítulo, cada ilustração ❤
      Siiiim incentiva o seu sobrinho a leitura é a melhor viagem que podemos fazer e sem sair de casa.

      Beijooos e obrigada pelo lindo depoimento.

      Curtir

  2. Pingback: TOP BLOGS DA SEMANA – 4 A 10 DE NOVEMBRO - CBBlogers

  3. Adorei a resenha! Parabéns!
    Ah, e nunca li o Pequeno Príncipe inteiro, sempre acabo lendo um pouco aqui, outro ali, mas acho as reflexões bem interessantes e profundas, quando se lê o livro criança, não se tem a real dimensão das mensagens que ele quer passar!
    Aguardando mais resenhas suas!
    Xêro

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s